27/06/2013 09h38

Suínos de MT serão examinados pelo Indea

A iniciativa é realizada anualmente pelo Instituto de Defesa Agropecuária, Indea.
MT Via Rádio
Adriano Lima
Neste ano, 320 propriedades serão verificadas. (Foto: Reprodução)

Para garantir a segurança de que Mato Grosso esteja livre da peste suína clássica, cerca de 3 mil animais de todas as regiões do estado serão examinados. A iniciativa é realizada anualmente pelo Instituto de Defesa Agropecuária, Indea. Neste ano, 320 propriedades serão verificadas. A coordenadora da Central de Doenças Animais do Indea, Daniella Soares Bueno, informou que Mato Grosso nunca teve este tipo de doença, mas esta não é a situação do país. 

O Brasil não está livre da peste suína clássica. Regiões como a Nordeste, ainda enfrentam o problema. Como não existe uma vacina de prevenção ou de cura, a única forma para evitar que a doença é verificando a procedência do animal através do Guia de Transporte Animal (GTA). A coordenadora informa que a campanha de sorologia conta com 12 equipes, cada uma munida de um kit para realização dos exames. Cada grupo ficará responsável por cobrir as proximidades de uma das subunidades do Indea no interior do estado.

O foco está centrado nos pequenos produtores e nas propriedades de criação para subsistência. As grandes granjas já possuem acompanhamento, por isto não apresentam tanto risco, segundo o Indea. Os serviços de coleta dos materiais de análise vão até o dia 20 de julho. O diretor-executivo da Associação de Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Custódio Rodrigues, lembra que, se acontecer algum caso da doença em Mato Grosso os produtores vão ser barrados pelas questões sanitárias e enfrentar dificuldades no comércio.

espalhe!

Veja também

© Copyright 2000-2013 - Rádio Comunitária Eldorado FM 87,9