21/06/2013 08h51 - Atualizado em 21/06/2013 09h45

Audiência Pública discutiu o combate a poluição sonora em Vila Rica

O Promotor advertiu ainda que vai esperar que a ‘audiência’ aponte, a curto prazo, medidas concretas para os problemas.
Eldorado.fm
com assessoria
Pessoas de vários pontos da cidade fizeram uso da palavra. (Foto: Raimundo Trindade)

A Câmara Municipal de Vila Rica, presidida pelo vereador Luciano Souza, realizou na noite desta quinta-feira, (20/06) uma audiência pública, no auditório da Câmara para discutir os procedimentos que serão utilizados para combater o incômodo acústico no perímetro urbano da cidade.

O público composto, em grande parte, por alunos e professores da Escola Estadual Professora Maria Esther Peres, representantes da sociedade organizada e policiais do 23ª Batalhão da Polícia Militar lotou o auditório.

O Comandante do 10º Comando Regional da Polícia Militar, Tenente Coronel Araújo, convocou todo o efetivo para a audiência ‘porque eles que estão na linha de frente’, disse Araújo.

O representante do Ministério Público, Promotor Wellington Molitor, falou que o problema deve ser trabalhado simultaneamente em um tripé: CONSCIENTIZAÇÃO –  Todos devem ser conscientes dos direitos dos outro e respeitar. FISCALIZAÇÃO – Leis são feitas para serem cumpridas, mesmo que com o uso da repressão. OMISSÃO – A omissão não pode ser admitida, nem pela polícia, Ministério Público, Judiciário, Prefeitura, Vereadores e principalmente pela população.

Molitor contou que no período que está a frente do Ministério Público em Vila Rica já recebeu duas denúncias sobre ‘poluição sonora’, sendo uma de um barzinho e outra de uma boate e, pediu ao Presidente da Câmara e a representante do Prefeito que faça concurso público para contratar pessoas para fiscalizar e que adquira equipamentos (decibelímetros) para serem utilizados na fiscalização da poluição sonora.

O Promotor advertiu ainda que vai esperar que a ‘audiência’ aponte, a curto prazo, medidas concretas para os problemas, caso contrário serão ajuizadas ações na justiça.

Pessoas de vários pontos da cidade fizeram uso da palavra para reclamar do barulho nos bares, boates, carros de som e alarmes residenciais, com ênfase a uma boate localizada na Rua 12 do setor Sul e os bares vizinhos que, segundo eles, não deixam as pessoas dormirem e ainda deixam uma grande quantidade de sujeira na rua.

Participaram da Audiência o Presidente da Câmara Municipal vereador Luciano Souza e os vereadores Jair Zorzi, Maria augusta, Nininho, Janovan e José Carlos; Secretária de Administração Aldaci Brambila (representando o Prefeito Luciano Alencar); Wellington Molitor. Promotor de Justiça; Ten. Cel. Araújo; Representante da OAB Galeno Chaves; Leonardo Borghesan, da CDL; Pastor Olídio de Souza, Presidente do Conselho de Pastores.

>> Leia Tambem:

Câmara Municipal de Vila Rica realizará audiência publica sobre a poluição sonora

espalhe!

Veja também

© Copyright 2000-2013 - Rádio Comunitária Eldorado FM 87,9