19/06/2013 17h06

Onda de protestos promete agitar Vale do Araguaia

Na cidade de Confresa, a manifestação denominada "Vem pra rua" está prevista para às 18 horas desta sexta (21), em frente a Escola 29 de Julho.
RD News
Francis Amorim
Onda de protestos promete agitar Vale do Araguaia. (Foto: Reprodução)

Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças (GO), estarão mobilizadas nesta quinta (20) em adesão a onda de protestos que tomou conta do país desde o início da semana. Além das três cidades, Confresa e São Félix do Araguaia, também estão programando manifestações contra a corrupção e pela melhoria do transporte público, da educação, da saúde, pela não aprovação da PEC 37.

Em Barra do Garças, o protesto está sendo organizado pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) do Campus da UFMT com o apoio de várias entidades de classes, entre elas Subseção da OAB. A manifestação começa às 16 horas, em frente à Prefeitura, e depois segue trajeto pela Rua Carajás e Avenida Ministro João Alberto, até a Praça do Obelisco no pé da ponte do rio Garças.

Segundo a secretária do DCE, Denise Moraes Jardim, o protesto será pacifico e apartidário. “Nossa intenção é mostrar a nossa insatisfação com o transporte público e a não implantação do passe livre para os estudantes e exigir saúde e educação de qualidade, além de nos posicionarmos contra a aprovação da PEC 37 e, principalmente, contra a corrupção que está enraizada no país”, explicou

Em São Félix do Araguaia, a mobilização tem como objetivo chamar à atenção das autoridades para a precariedade do transporte intermunicipal e interestadual monopolizados pelas empresas Barrattur e Viação Xavante na região do Norte Araguaia.

O protesto terá início às 16 horas de sábado no cais de São Félix. Os manifestantes questionam também o preço das passagens, as más condições dos veículos disponibilizados pelas empresas; desvio de bagagem e cidades que ainda não são servidas por linha regular de transporte.

Na cidade de Confresa, a manifestação denominada "Vem pra rua" está prevista para às 18 horas desta sexta (21), em frente a Escola 29 de Julho, de onde sairá pelas principais ruas da cidade. Além dos pontos básicos, o protesto chamará à atenção para a conclusão da pavimentação asfáltica da BR-158 e o despejo das famílias da gleba Suiá-Missú, de onde foram retiradas mais de 7 mil produtores rurais.

Mobilização

Nas redes sociais, também circulam informações sobre protestos em Barra do Bugres, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra. A exempo da Capital, a mobilização também é liderada por lideres estudantis e movimentos sociais.

espalhe!

Veja também

© Copyright 2000-2013 - Rádio Comunitária Eldorado FM 87,9