19/06/2013 10h42

Brasil enfrenta o México hoje ás 16h

Maior artilheiro da história do estádio cearense, palco do duelo pela Copa das Confederações, faz previsão para derrubar mexicanos.
Rafael
Maior artilheiro da história do estádio cearense, palco do duelo pela Copa das Confederações, faz previsão para derrubar mexicanos. (Foto: Reprodução)

“Com gol de Fred, Brasil vence e lidera”. Antes mesmo de a bola rolar para Brasil e México, nesta quarta-feira, às 16h, na Arena Castelão, pela segunda rodada do Grupo A da Copa das Confederações, Geraldino Saravá já sabe o que vai acontecer. Pelo menos é o que acredita o folclórico ex-atacante, maior artilheiro da história do estádio da capital cearense, com 98 gols. O duelo será transmitido pela TV Globo, SporTV e GLOBOESPORTE.COM. O site também acompanha em Tempo Real.

- A Seleção vai ganhar com um gol do Fred. Se o Geraldino Saravá está falando, vai acontecer. Esse garoto é titular de qualquer time – previu Saravá.

José Geraldo Olímpio de Souza, nascido em Ipaumirim, no interior do Ceará, começou a carreira apenas como Geraldino. O Saravá veio mais tarde, quando ele fez valer as suas “premonições”. Os times do atacante foram Fortaleza, Ceará, Icasa, Guarany de Sobral, Ferroviários, Tiradentes, Sampaio Corrêa e Campinense.

- Eu gosto muito da forma como surgiu esse Saravá no meu nome. Eu acordava sempre atrasado, porque dormia muito. Mas olhava para o pessoal e dizia que ia fazer gol, nos treinos e nos jogos. E fazia! Aí a imprensa viu e começou a me chamar de Saravá, porque eu dizia tudo o que ia acontecer – contou, aos risos.

Geraldino Saravá está com 62 anos e vive atualmente em Juazeiro do Norte, no Ceará. Do tipo folclórico fanfarrão, ele exalta sempre que pode o fato de ser o maior artilheiro da história do Castelão, palco de Brasil e México nesta quarta-feira. Recentemente, o ex-atacante esteve no estádio, reconstruído para a Copa do Mundo, e durante brincadeira, enfim, fez um gol de pênalti (confira no vídeo ao lado).

- Ninguém jamais vai alcançar a minha marca no Castelão. É muito difícil. Quem chegou mais perto foi o Hamilton Melo, já morto. Eu sou o único artilheiro do Brasil que nunca fez gol de pênalti. Todos os meus quase 800 gols na carreira (contando amador e profissional) foram com a bola rolando. Nunca gostei de bater pênalti – explicou o agora professor de Educação Física.

Admirador dos seus próprios feitos, Saravá ficou chateado por não ter sido convidado para assistir a Brasil e México, pela Copa das Confederações. Sem querer falar muito do assunto, o ídolo cearense logo muda de assunto e volta a exaltar sua época de jogador. Comparou seu chute ao do ídolo da Seleção Roberto Carlos.

- Segura lá atrás, que lá na frente eu resolvo. Sempre disse isso aos meus companheiros. Eu vi muito zagueiro falando com o outro: ‘não deixa o Geraldino Saravá chutar’. Eles tinham razão, porque se eu chutasse era lona. Meu chute era muito forte, igual ao do Roberto Carlos – declarou.

Quem escuta Geraldino contar as suas histórias não entende por qual motivo ele jamais foi convocado pela seleção brasileira. Mas ele tem a explicação.

- Ah, não, não, não. Impossível. Tinha muito jogador bom na minha época, muito artilheiro melhor do que eu. Mas se fosse hoje eu tenho certeza que conseguiria uma vaga na seleção brasileira. A diferença de agora para o futebol da minha época era muito grande. Eu jogaria no lugar desse Hulk aí – contestou o ex-jogador.

O mesmo Brasil

Pela terceira vez consecutiva, o técnico Luiz Felipe Scolari vai repetir a escalação inicial da seleção brasileira. Com esse time, ele venceu o amistoso contra a França, no último dia 9, em Porto Alegre, por 3 a 0, e repetiu o placar na estreia da Copa das Confederações, no último sábado, em Brasília.

Felipão está satisfeito com o número de gols e o volume de jogo da Seleção nos últimos jogos. Portanto, ele quer insistir na formação com Julio César no gol, Daniel Alves e Marcelo nas laterais, Thiago Silva e David Luiz na zaga, Luiz Gustavo e Paulinho de volantes, Oscar de meia e Hulk, Neymar e Fred no ataque.

- Nós sempre sonhamos fazer dois, três gols por jogo. Mas às vezes não conseguimos pela má pontaria. Mas quando saem esses gols em profusão, para nós é motivo de alegria. Com a confiança, podemos arriscar um pouco mais – declarou Felipão, depois da vitória por 3 a 0 sobre o Japão.

Brasil e México já fizeram 34 jogos na história. A seleção brasileira venceu 21 vezes, empatou seis e perdeu sete. Os tropeços são poucos, mas pontuais. Dos sete, quatro foram em competições oficiais (Copa das Confederações e Copa América). Sem contar a queda na decisão olímpica do ano passado, em Londres.

Retrospecto ruim deixa México pressionado

Na atual temporada, o México disputou 10 jogos e teve apenas uma vitória –, sendo oito empates e uma derrota, para a Itália, por 2 a 1, na estreia na Copa das Confederações, no último domingo. As principais esperanças dos mexicanos estão nos pés de Chicharito Hernadez e Giovani dos Santos.

O México tem passado por dificuldades para conseguir a vaga para o Mundial de 2014. No hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf, a equipe venceu apenas uma partida e empatou as outras cinco. Está em terceiro lugar, com oito pontos. Porém, Honduras, com sete, e Panamá, com seis, têm um jogo a menos.

O retrospecto gerou pressão para a disputa da Copa das Confederações. Uma eliminação precoce seria o auge da crise. O jogo com o Brasil assumiu caráter decisivo.

Ficha técnica

Brasil: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Felipão.

México: Corona; Flores, Francisco Rodríguez, Hector Moreno e Salcido; Torrado, Zavala, Guardado e Aquino; Giovani dos Santos e Chicharito Hernández. Técnico: Jose Manuel de la Torre.

Data: 19/06/2013
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)
Transmissão: a TV Globo, o SporTV e o GLOBOESPORTE.COM transmitem a partida ao vivo. O site também acompanha em Tempo Real.

espalhe!

Veja também

© Copyright 2000-2013 - Rádio Comunitária Eldorado FM 87,9