13/06/2013 11h45

Fred evita números, mas avisa: ‘Quero fazer gol em todos os jogos’

Atacante da seleção brasileira está animado para o início da Copa das Confederações. Estreia do Brasil será sábado, contra o Japão.
Globo Esporte
Alexandre Lozetti, Leandro Canônico e Richard S
Fred não se preocupa com a quantidade de bolas que recebe. (Foto: Bruno Domingos/Mowa Press)

Artilheiro da era Felipão, com quatro gols em cinco jogos, Fred é a principal esperança de gols da seleção brasileira na Copa das Confederações. Perto da estreia de sábado, contra o Japão, em Brasília, o atacante do Fluminense não faz projeção numérica para a competição, mas esbanja fome de gol.

- Números eu não sei, mas quero fazer gol em todos os jogos. Se der para fazer mais de um por partida, melhor ainda. Mas o mais importante é ganhar as partidas e fazer uma boa competição – declarou o jogador, em entrevista nesta quinta-feira, em Goiânia, antes do embarque para a capital federal.

Recuperado de uma fratura incompleta na costela, o atacante segue em condições de jogo para o torneio. Mas admite que na reta final da preparação para o duelo com o Japão será necessário dar uma amenizada no ritmo. Na última terça-feira, aliás, Fred, assim como Thiago Silva, foi poupado por Felipão do treinamento no campo.

- Agora vai chegar nosso objetivo principal. Antes, tinha de apertar um pouco mais mesmo, porque precisava de treinamento. Acabava desgastando. Agora, como vale três pontos e é um campeonato curto, temos a obrigação de vencer a estreia. Essa é a preocupação que temos, de segurar um pouco antes da estreia – disse Fred.

Sobre o fato de participar pouco da partida, na posse de bola, no caso, o atacante da Seleção tem conversado a respeito com os outros jogadores da frente. Mas para Fred, na verdade, pouco importa quantas vezes ele recebe passes durante a partida. O que realmente interessa são as bolas que balançam as redes.

- No jogo contra a França, finalizei três vezes e não fiz gol. Contra a Inglaterra, finalizei uma vez e fiz um gol. Prefiro finalizar meia vez e fazer um gol do que muitas e não marcar – finalizou o atacante da seleção brasileira.

Além do Japão, dia 15, na estreia, o Brasil tem mais dois desafios na primeira fase da Copa das Confederações: México, dia 19, em Fortaleza, e Itália, dia 22, em Salvador. A Seleção é cabeça de chave do Grupo A.

espalhe!

Veja também

© Copyright 2000-2013 - Rádio Comunitária Eldorado FM 87,9